quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Novas batalhas!

Olá caros amigos... já lá vai algum tempo desde o último post.
O nosso Miguel está um menino fantástico.
Está enorme e muito esperto.
Infelizmente está com a Varicela, mas segundo sempre ouvi dizer: mais vale em pequenino do que em adulto.
As "malditas" otites têm sido mais que muitas,aliás, não me lembro de um mês em que ele não tenha uma, chegando até a ter duas otites no mesmo mês. É desesperante ver o nosso menino constantemente doente e com dores nos ouvidos, que toda a gente sabe que são horríveis.
Em Setembro começou as sessões de Terapia de Fala com a Sr.ª Dr.ª Helena Vilarinho, no Hospital de São João. Apesar do transtorno causado pela distância e também pelos horários, é com imenso orgulho que vejo o meu filhote a melhorar de dia para dia. Fico todo babado quando a Dr.ª Helena elogia a sua evolução. É com toda a confiança na Dr. Helena que antevejo um tratamento com muito bons resultados, uma vez que neste pouco tempo, são notórias as melhorias na fala do Miguel José. Até no infantário foram constatadas melhorias, principalmente no diz respeito ao som anasalado.
Tal como todas as crianças, anda excitadíssimo com o Natal (desde que não haja Pai Natal).
Assim me despeço com a promessa de mais novidades acerca do nosso herói.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Olá caros amigos.

Cá estou eu para vos dar notícias do nosso herói.
Este ano, as nossas férias foram dividas entre alguns dias com amigos na linda praia de Vila Praia de Âncora, e os restantes em Viseu. O Miguelinho divertiu-se imenso.
Mas primeiro ainda fomos a Coimbra visitar a Dona Armanda (mãe da Mizé) que ali se encontra internada e onde heroicamente está a vencer um cancro de mama.
Neste dia aproveitámos para ir com o Miguel ao Portugal dos Pequenitos. Ele simplesmente adorou. É realmente um espaço notável que nos provoca agora um sentimento estranho... há alguns anos atrás eram os nossos pais quem nos levavam ali e agora... o tempo passa mesmo muito depressa.
Para não variar, o nosso bebé foi "atacado" por uma otite, mas graças a Deus muito ligeira.
Já em Vila Praia de Âncora, fartou-se de dar mergulhinhos com o amigo Gonçalo no rio que ali desagua, o rio Âncora. Nem a baixa temperatura o fazia sair da água. Os nossos amigos são muito divertidos e são sempre muito bons os momentos que passamos todos juntos.
Em Viseu, foi mais do mesmo. Os mergulhinhos foram mais que muitos na piscina do tio Zézinho. Para além disso, o Miguelinho divertiu-se imenso nos afazeres agrícolas; brincou com as cabritinhas do tio "TÓ" que tinham acabado de nascer e às quais chamou de "Ruca" e "Rozita"; foram muitas as voltas que andámos na nossa motorizada e todos os dias de manhã tínhamos que ir beber um "suminho" a uma estação de serviço ali perto; também passeámos muito e até deu para darmos uma voltinha no "funicular" em Viseu. Antes de acabarem as férias, ainda fomos à Feira de S. Mateus, que este ano está ainda mais animada. O Miguelinho gastou todas as "poupanças" que tinha feito já para gastar nos carroceis da Feira.
Tal como todas as férias, souberam a pouco e acabaram com a festa de aniversário da "Bibinhas" que fez cinco aninhos.
Em Setembro, vão começar as sessões de terapia da fala do nosso bebé. Apesar de ele falar correctamente, o som nota-se cada vez mais anasalado, apesar de todos os exercícios feitos em casa. Fico muito mais descansado por saber que ele vai ser seguido pela Dr.ª Helena, pessoa por quem a Mizé tem uma grande admiração, dada a disponibilidade e atenção que sempre demonstrou para com o Miguelinho. A nossa preocupação maior continua a ser e será sempre a hidrocefalia. Esta semana o Miguel tem consulta com o Dr. Josué (Neurologista) e estas alturas são sempre de grande ansiedade para mim pois estou sempre com medo de receber más notícias.
Depois da consulta dou-vos as novidades.
Até lá tudo bom para vocês.
Um abraço.


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Pai babado... parabéns filhote!!

Olá a todos.
O nosso herói fez no passado dia cinco três aninhos. Era vê-lo felicíssimo na sua festa de anos. Só foi pena a chuva que nos obrigou a fazer a festinha dentro de casa, mas ainda assim ele divertiu-se muito com os primos e amigos.
O nosso filho está um homenzinho. Na última consulta no Hospital de S. João, a sr.ª enfermeira mediu-o mais do que uma vez pois nem estava a acreditar na altura dele. Graças a Deus o desenvolvimento Psico-motor é proporcional ao tamanho.
Apesar daquela nuvem tenebrosa que paira constantemente por cima das nossas cabeças, que é o medo de se darem complicações com o"shunt" na cabecinha do Miguel, não sei descrever a felicidade que sinto ao olhar para o meu bebé e ver na criança fantástica que ele se tornou. É de uma meiguice que nunca vi, mas também tão teimoso, tão teimoso, que já me apareceram mais mil cabelos brancos. As otites têm sido mais que muitas, mas é com grande valentia que o Miguel José as tem ultrapassado.
Um abraço para todos os que nos visitam e muitos beijinhos para todas as crianças com FLP.


segunda-feira, 28 de março de 2011

Pai babado - Fala pelos cotovelos!!!

Olá caros amigos!
Cá estou eu para vos dar notícias do nosso menino.
O Miguel José está enorme. É um poço de energia. Tem uma personalidade muito forte e bem vincada... o seu comportamento é igual tanto em casa como na creche. É muito refilão, mas também muito carinhoso e simpático (tal como a mãe). É um fala-barato... "O que é isso?" e "porquê?" são as frases que mais prenuncia. É que não se cala um segundo (tal como a mãe)!!!
Tal como já aqui havia escrito, o som das palavras é um pouco anasalado e temos que estar sempre a insistir com ele para não falar pelo nariz. Felizmente tem resultado.
As otites têm sido uma constante... é muito triste vermos o nosso bebé constantemente a sofrer com dores de ouvidos.
Recentemente pregou-nos um valente susto. Quando o fomos buscar à creche estava a coxear. Como não se tinha magoado, ficámos muito preocupados. Passaram-me logo mil e uma razões pela cabeça. Fomos de imediato com ele ao hospital e acabaram por lhe diagnosticar uma pequena infecção na anca, ao que parece, vulgar em crianças. Que alívio.
Há algum tempo fui contactado por um casal que acabara de ter conhecimento de que iam ser pais de uma criança com FLP bilateral. Tal como havia acontecido connosco, estavam cheios de dúvidas e para a gravar a situação foram bombardeados com muita informação errada acerca do bebé, nomeadamente com outras má-formações de que o bebé supostamente seria portador, que graças a Deus não se vieram a confirmar. Apesar de toda as dificuldades e de uma gravidez muito atribulada, veio ao mundo mais um herói... o António, filho da Susana e do Paulo.
Durante as conversas que ia mantendo com este casal após o nascimento do António, fui-me apercebendo que, infelizmente, o HSJ do Porto é o único hospital com uma equipa devidamente preparada para tratar de crianças com FLP. Os relatos que a Susana me fazia das consultas no Hospital onde se deslocava com o António, não coincidiam em nada com aquilo a que me tinha habituado com o Miguelito. Ela ficava sempre muito angustiada e com muitas dúvidas no final das consultas.
Apesar de residirem em Beja, deslocaram-se recentemente ao São João do Porto, para que o nosso caro Dr. Bessa observa-se o António. Ficaram encantados com o Doutor e o discurso da Susana e do Paulo é agora de confiança. O António vai ser operado em Maio e os papás já estão com saudades das "rachinhas".
Para estes papás que, apesar de todas as dificuldades, estão a lutar pelo melhor para o seu filhote, um grande abraço e muitos beijinhos para o António.
Um beijinho muito especial para a minha sogra (D. Armanda), por quem o Miguel José nutre um carinho muito especial e que está a ultrapassar uma fase tão difícil de forma exemplar.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Visita ao nosso caro amigo Dr. Bessa

Ontem, foi dia de consulta de cirurgia pediátrica.
Fomos ao HPP, local onde o Dr. Bessa dá consultas, à chegada o Miguelito deu um grande abraço de amigalhaço ao Dr. Bessa, seguidamente conversaram um bocadinho, onde o Dr. disse que ele falava bem e que em geral estava muito bem.
Mas a nossa exigência como pais diz que o Miguel por vezes é preguiçoso e que deixa sair o som anasalado, nesses momentos dizemos para falar pelo boca e não pelo nariz, pois não entendemos o que diz, deste modo ele aprende a auto corrigir-se.
No entanto, vou entrar em contacto com a Dra. Helena Vilarinho para observar o Miguel.
Conversámos sobre as próximas cirurgias que agora dependerão do evoluir da dentição e da opinião do Ortodontista.
Desde sempre mostramos fotos ao Miguel de quando ele ainda tinha as rachinhas, mas ele nunca tinha prestado atenção, até à semana anterior, quando o pai estava com ele a ver fotos e lhe explicava como é nosso hábito, como ele era antes da operação.
Agora ele já diz que tinha umas rachinhas e que foi o Dr. Bessa que as tirou.

Correu tudo bem foi um prazer conversar com o Dr. Bessa, mais uma vez um obrigado por tudo.


terça-feira, 1 de fevereiro de 2011









Olá caros visitantes.

Sei que já se devem ter interrogado, sobre o motivo da nossa ausência.

Como já vos disse gosto mais de falar do que escrever, mas como isso não é possível, vão passando os dias e fica sempre adiado. Não é que não me lembre dos nossos amigos, que com tanto carinho seguem o crescimento d nosso filhote.

O meu Herói está muito bem e cada vez maior, cada dia que passa surpreende-me com as suas saídas engraçadas, apanha tudo o que nós dizemos e depois reproduz.

A sua teimosia cresce com ele, tem uma personalidade vincada, segundo o pai :- És mesmo como a tua mãe... hahahahha!!!!!!

E eu, claro, fico toda orgulhosa, mas não é nada fácil lidar com tal teimosia, quer dizer sempre com a última palavra.

Fomos ao Neurologista e está tudo bem, as otites é que não dão tréguas é todo o Inverno a tomar antibiótico.

Com este frio o meu tractorista nem pode gozar-se do presente do Pai Natal, anda maluco com o tractor, só quer lenha para colocar no reboque e andar pelas ruas de Carcavelos (casa dos meus pais) a espalhar charme, em cima do seu novo veículo.

Adora ir para Carcavelos e passa a semana a perguntar:- Quando vamos para casa da Vózinha?

Por ele ficávamos lá, por ele e por nós, mas a vida prega-nos partidas e afasta-nos de quem tanto gostamos, ainda há quem diga que a vida de professor é fácil.

Mesmo nos momentos em que precisam de nós temos de estar longe, digo isto pois a minha querida mãe está a passar uma fase muito difícil, por motivos de saúde, adorava estar perto dela para a poder apoiar.

Sempre soube que a minha mãe é uma grande mulher, mas está a dar-nos uma grande lição de vida, com tanta força, sempre com um sorriso nos lábios.

Aproveito para dizer à minha mãe que está sempre presente nos nossos corações e que esta é uma fase muito difícil, mas que vai ser ultrapassada com heroísmo, pois uma grande mulher não se deixa vencer por nada.

Mãe é a maior. Amamo-la muito...força...








domingo, 5 de dezembro de 2010

Pai babado... dois anos e meio!

















Olá a todos.
Passou muito tempo desde o último post, mas por motivos profissionais só agora me foi possível voltar a dedicar algum tempo a este blog e feliz coincidência, o nosso rapazão faz hoje dois anos e meio.
O Miguel José está enorme e cada dia nos surpreende mais com as suas peripécias. É muito inteligente e tem uma memória incrível. Continua um menino muito simpático e brincalhão. É muito refilão, próprio da sua personalidade forte, tão forte que de vez em quando tira-nos do sério.
Fala pelos cotovelos (igualzinho à mãe) e deixa-nos muitas vezes boquiabertos com as frases completas que profere.
Apesar de algumas otites que foram surgindo, desde o último post o Miguel não tem tido quaisquer problemas de saúde sendo que a hidrocefalia está por agora controlada tal como prova o desenvolvimento do nosso menino.
O Miguel José anda encantado com a época Natalícia, quer dizer, desde que o Pai Natal não esteja por perto... fica em pânico quando vê alguém vestido de Pai Natal.
Mas acerca disso a Mizé irá escrever outro post...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Pai babado... o meu orgulho!


Olá a todos!
Graças a Deus está tudo muito bem com o nosso bebé. Fala pelos cotovelos e não pára um instante. Tem sempre alguma coisa para dizer e fazer... é tão engraçado. Até já sabe como me "engraxar", quando quer alguma coisa chama-me "paizinho". Fico derretido quando me chama assim e me põe as mãozinhas na cara para me encher de beijinhos. É mesmo muito meiguinho.
O pior tem sido o regresso à creche.
Desde Julho que a Mizé está em casa de férias e, claro está, desde essa altura que o nosso menino não põe os "pezinhos" na creche.
Vocês já estão a imaginar... se o Miguel José já era tão dependente da sua "mamã", então agora que está maiorzinho, ainda pior ficou.
Quando a Mizé leva o nosso filhote é uma choradeira pegada... chora o bebé porque não quer que a mamã se vá embora e chora a mamã por ver a tristeza nos olhos do bebé.
Quanto a mim, fico imensamente triste quando a Mizé me liga a dizer que mais uma vez o Miguelito ficou a chorar.
A educadora do Miguel, a Paula, diz-nos que é apenas uma fase passageira provocada pela ausência. Espero que esta fase passe depressa.
Para grande orgulho dos papás, já praticamente não usa fralda. É pior é quando temos que parar em plena viagem para o por a fazer "xixi"!!!!
De resto o Miguel continua a adorar a praia e agora também pede para ir à festa. É um rapaz muito animado e contagia toda a gente com a sua boa-disposição e simpatia.
É o meu orgulho.

sábado, 7 de agosto de 2010

Pai babado... para o ano há mais!










Olá a todos.
Cá estamos nós regressados de umas merecidas férias, para vos darmos notícias acreca do nosso herói.
Este ano optámos por passar uma semana em Viseu e outra semana na costa alentejana. Foram umas férias muito boas. Em Viseu aproveitámos para respirar o ar puro do campo e a paisagem maravilhosa da serra que nos é proporcionada na pequena localidade onde residem os meus sogros.
O Miguel adora ali estar... andar de mota, de bicicleta, jogar à bola, banhar-se na piscina, "infernizar" os pobres gatos, observar as tartarugas, mesmo que elas não façam rigorosamente nada; estes são os passatempos preferidos do Miguel quando ali está.
Durante esta semana nasceu o mais novo membro da família, o Edgar, do qual eu sou orgulhosamente o padrinho. Graças a Deus é um bebé com muita saúde e nasceu sem quaisquer precalços durante o parto. Estou cheio de saudades dele pois já não o vejo hà duas semanas.
Apesar de adorar o campo, o Miguel é fascinado por praia. Na semana que estivémos em Viseu, não houve um dia que não perguntasse pela praia.
Foi em Vila Nova de Mil Fontes que passámos a segunda semana de férias. Nós não conhecíamos e ficámos fascinados.
O Miguel adorava as pequenas "piscinas" que se formavam na praia do Farol pela manhã durante a maré-baixa. Passava ali a maior parte da manhã a brincar com a "sua mamã" (é assim que ele se refere aos pais - "a minha mamã" e "o meu papá"!
Foi uma semana fantástica. O Miguel andava felíssimo.
Mas o que é bom acaba-se depressa.
Durante esta semana apanhámos mais um grande susto com o nosso bebé.
Um destes dias levámo-lo ao hospital porque suspeitávamos que ele estaria com mais uma otite, já que estava com muita febre, o que se veio depois a confirmar.
Contudo, durante a consulta, foi medido o perímetro cefálico ao Miguel e o resultado foi um valor muito superior aquele que seria de esperar.
O Sr. Doutor aconselhou-nos a contactar imediatamente o neurologista que acompanha o Miguel, pois achava que aquele crescimento não era normal, logo o shunt poderia não estar a funcionar correctamente. Eu fiquei completamente desorientado. Tomou conta de mim uma angústia insuportável perante a ideia de que o Miguelito poderia ter que ser operado novamente à cabeça.
Como era possível num momento estarmos tão felizes e de repente tão angustiados?
Pobre Mizé... aquela notícia deixou-a de rastos. Perante o meu desalento e fazendo um esforço enorme, manteve-se firme e serena.
Depois de dois dias horríveis de espera, a Mizé foi com o Miguel a uma consulta de neurologia. O Sr. Doutor disse que não havia razão nenhuma para as nossas preocupações. Que o Miguel estava perfeito, sem quaisquer sintomas de mau funcionamento da válvula, e que a medida do perímetro cefálico se deve à morfologia da cabeça dele, pois tem que acompanhar o crescimento do resto do corpo.
Não consigo aqui descrever o alívio e alegria que senti quando a Mizé me telefonou a dar as novidades.
É verdade que temos sempre uma nuvem chamada "hidrocefalia" a pairar sobre as nossas cabeças, mas já tínhamos conseguido fazer com essa nuvem deixasse de ser negra e passasse a ser um cinzento muito clarinho, tornando por isso, a situação ainda mais difícil.
Mas graças a Deus está tudo bem com o nosso herói, que está enorme e lindíssimo.
Onde quer que vá, continua a encantar as pessoas com a sua boa disposição e simpatia. "Que menino tão simpático", dizem as pessoas admiradas quando o Miguel se mete com elas, dizendo-lhes "olá" ou um simples "xau". Agora está na fase do "é meu" e "é minha", ou seja, é tudo dele. Para mim está a ser uma fase muito chata pois não gosto de o ver a "discutir" com os outros meninos. Espero que passe rapidamente.
Para finalizar este já longo texto, mando um beijo muito grande ao meu pai que fez anos na passa segunda feira.
És o maior filhote (sai à mamã).

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Nasceu o nosso bebé do ano!!!!

Olá amigos, cá estou eu para vos dar a boa notícia que nasceu o nosso sobrinho. Nasceu no dia 17 de Julho, mas como estivemos de férias não tivemos oportunidade de o fazer.
É filho do irmão do Miguel e da minha mana Tininha é lindo, um comilão e dorminhoco sai à mãe e atira ao pai, correu tudo bem.
Desejo tudo de bom para o nosso querido Edgar e que continue dorminhoco e comilão, para a minha mana um enorme beijo.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Pai babado... parabéns filhote!

video
Pois é... já passaram dois anos.
Parece que foi ontem que peguei no meu menino ao colo pela primeira vez.
Festejámos o aniversário do Miguel em Viseu com uma festa em família. O Miguel estava felicíssimo... ele até sabe cantar a música de "Parabéns" de tantas vezes a ouvir no canal Panda, do qual ele é fã.
Foi uma festa muito bonita e divertida. Desde a decoração até ao lanche, foi tudo feito pela mamã babada, até o bolo de aniversário a Mizé fez questão de confeccionar e diga-se com justiça, que para além de estar delicioso, estava lindíssimo com os motivos do "NODDY"... é uma mulher muito prendada.
Como todos já leram aqui por diversas vezes, sou um pai imensamente orgulhoso do meu filho, não só pelas batalhas que tem vencido exemplarmente, mas também pela sua personalidade fantástica.
"Criança tão especial, tão meigo, voluntarioso e alegre..." foi assim que a educadora Paula descreveu o Miguel José no Dia da Criança e é assim mesmo que ele é.
Estes dois anos foram uma montanha russa de sentimentos... tão depressa nos sentíamos extremamente felizes, como de repente caíamos a pique numa angústia e preocupação quase insuportáveis.
Mas graças a Deus, todas estas fases foram ultrapassadas pelo Miguel José com distinção, próprio de um verdadeiro campeão, aliás, próprio de todas as crianças "especiais".
O meu maior desejo é que o Miguel continue a ser tão feliz como até aqui, e que eu e a Mizé Justificar completamentecontinuemos a saber educa-lo e prepara-lo para as batalhas que ainda aí vêm...
Parabéns filhos. Obrigado por seres assim.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Parabéns meu filho...

Já passaram dois anos, parece que ainda foi ontem que estava na casa de banho assustada sem perceber porque é que não parava de fazer chichi, quando eram as águas que tinham rebentado, e tanta coisa já se passou.
O Miguel José faz dois aninhos no Sábado.
Foram dois anos muito conturbados, com um misto de sentimentos, se por um lado as alegrias são muitas e todos os dias, as preocupações e as angustias também estão presentes todos os dias, no entanto, a alegria de ver as conquistas do Miguel fazem esquecer tudo.

Meu amorzinho quero que saibas que te ama-mos muito e estaremos sempre a teu lado.
Parabéns, que sejas muito feliz...

Mais tranquilos...

Olá a todos os amigos que acompanham a nossa história.

Estou de regresso para vos dar noticias do nosso herói. Desde já vos digo que regressaram as otites, de Sábado para Domingo o ouvido do Miguelito começou a deitar pus, fiz o tratamento que a Dª Carla recomendou e ontem , quarta-feira, fomos à consulta e a Dª teve de aspirar o ouvido do Miguel e já estão a imaginar como foi... mais uma vez tive de agarrar -lo à força, custa-me tanto vê-lo sofrer...
Mas o que nos preocupa mais, como já é do vosso conhecimento, é a hidrocefalia, então há algum tempo atrás após a consulta de grupo, tomámos a decisão de consultarmos outros neurologistas para sabermos uma segunda e até mesmo uma terceira opinião.
A segunda opinião que tivemos foi o que se chama mesmo uma consulta de médico, entrámos no consultório o médico olhou para o Miguel viu-o todo despachado e nem quis ver os exames, disse que ele estava bem. Mas não contentes com uma segunda opinião fomos à procura duma terceira, ou melhor, o nosso amigo Dr. Bessa é que nos encaminhou para o Dr. Rui Vaz, que nos recebeu muito bem e nos tranquilizou. Pediu uma TAC e chegou à conclusão, tal como já nos havia dito o Dr. Josué, que está tudo bem com o nosso rapagão e que o crescimento da cabeça é normal.
Mesmo depois desta consulta que nos deixou muito mais tranquilos ,a nossa preocupação é diária, pois a válvula pode entupir a qualquer momento, mas temos que saber viver com esta sombra.
Esquecendo tudo isto quero que saibam que o meu Amorzão está a evoluir imenso, a cada dia que passa aprende coisas novas, diz palavras novas é um papagaio autêntico continua muito simpático e meigo... é a coisa melhor do mundo.
Amo-te muito meu filho.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Dia da Mãe

É o segundo ano que comemoro o Dia da Mãe, com o papel de mãe.

Este ano foi um pouco diferente, o Miguel está na creche e as mães foram convidades a participar numa pequena festa. Pintámos, ou melhor pintaram os muros do parque, o Miguel não estava virado para as pinturas queria andar vezes sem fim no escorrega.
A cada dia que passa o Miguel dá-me mais motivos para ser uma mãe babada, continua muito simpático, divertido, lindíssimo, teimoso, carinhoso...
Aproveito para dar um enorme beijinho à minha querida mãe, que amo tanto. Não estive com ela, fisicamente, neste dia tão especial, mas esteve e está sempre no meu coração e no meu pensamento. A minha mãe é uma grande mulher trabalha imenso, mas tem sempre um sorriso, ou quase sempre, pois há aqueles dias em que os ossos não a deixam sorrir e lá sai um -" Ai os meus joelhos, os meus calcanhares, as minhas ancas, oa meus... hihihi.
Quero também dizer ao meu amor que se sou boa mãe, se consegui ultrapassar tudo é porque o tenho a meu lado. Se não fosse o pai maravilhoso que é não seria tão fácil.

Amo-te muito Miguel.

A ti meu filho digo-te que sou a mãe mais feliz do Mundo e quando estou sozinha e certas imagens teimam em não sair da minha cabeça e as lágrimas correm no meu rosto logo de seguida dou um enorme sorriso, pois tu és o Sol que ilumina os meus dias.
Sou uma sortuda tenho dois Migueis um ilumina-me os dias o outro as noites hahahahahah.
Amo-vos muitos infinitos.


domingo, 2 de maio de 2010

Pai babado... Dia da Mãe!

video
Olá a todos. Hoje é dia da "Mãe". Antes demais um beijinho muito grande para a minha mãe, a Dona Irene, que amo muito e para a minha sogra a D. Armanda por quem nutro também um especial carinho.
"Mã" e "mamã" foram as primeiras palavras que o Miguel José pronunciou, ambas com o mesmo significado... "Mãe".
A Mizé nasceu para ser mãe... tenho bem vivo na memória o momento em que a Mizé pegou no Miguel José pela primeira vez... o nosso bebé, aos olhos dela, não tinha qualquer má-formação... era perfeito.
Como é sabido, moramos longe da nossa terra Natal, onde reside a nossa família mais chegada. e por isso a Mizé não pode contar com o apoio de ninguém, principalmente da mãe que lhe faz muita falta e que também gostaria muito de estar perto de nós.
Ainda assim, a Mizé fez um trabalho notável. Por entre inúmeras e constantes consultas no São João, cerca de dois meses de noites sem dormir, e tantas outras adversidades, a Mizé nunca esmoreceu. Valeram-lhe também nesta altura, os dias que passámos em Viseu, em que a minha sogra passou algumas noites acordada a tomar conta do Miguel José para a Mizé poder descansar.
O Miguel José tem uma relação muito especial com a mãe. São muito amigos. Ela dá-lhe toda a atenção e carinho que ele precisa e o Miguel José retribui com muitos beijinhos e abracinhos. É uma ternura e a mamã fica toda babada. Passa imenso tempo em brincadeiras com ele mas na altura de repreender também sabe estar à altura. O Miguel José é muito teimoso e às vezes temos que nos impor de modo mais rígido. A Mizé não é nada uma mãe permissiva. Adaptou-se muito bem à maneira de ser do Miguel José e sabe a altura exacta em que tem que se impor.
A Mizé ensina-lhe muitas coisas e o desenvolvimento dele tem sido espectacular, contrariando as estatísticas de crianças portadoras de Hidrocefalia.
Tal como já escrevi uma vez "Deus, tal como escolheu Maria para mãe de Jesus, escolheu a Mizé para mãe do Miguel" pois sabia que só ela saberia cuidar dele.
Se o Miguel José soubesse escrever, escreveria:
"Amo-te mamã. Obrigado por seres assim."

quarta-feira, 31 de março de 2010

Pai babado... descobrimos um artista!!!!!

Olá a todos. O Miguel José está muito bem. A última consulta de neurologia com o Dr. Josué correu muito bem. Ele diz que o Miguel José está muito bem. Até esta consulta na semana passada, eu e a Mizé passámos por uma fase de grande preocupação pois a cabecinha do Miguelito continua a crescer, apesar de os valores serem bem inferiores aos registados antes da colocação do shunt. Mas a preocupação era ainda maior porque a válvula que regula os valores do shunt, desregulou-se no última ressonância magnética a que o nosso filhote foi submetido,tendo ficado com o valor de 120,quando aquele que havia ficado aquando da operação era de 80. O Dr. Josué explicou-nos que a cabecinha do Miguel tem que continuar a crescer como a de qualquer outra criança, para além de que não há motivos para preocupações já que o desenvolvimento psico-motor do Miguel José é perfeitamente normal. Foi uma fase de grande ansiedade e preocupação, mas que graças a Deus já passou.
Na semana passada a Mizé teve uma reunião com a educadora do Miguel José, a Paula, e ela informou-nos que o Miguel interage muito bem com os outros meninos e que até está um pouco mais desenvolvido que os outros meninos ditos normais. O facto de ele estar um pouco mais desenvolvido que os outros meninos não tem qualquer significado de superioridade, mas sem dúvida que fico muito orgulhoso por ver que o meu filho, portador de fenda lábio-palatina bilateral e hidrocefalia, é um vencedor e tem tantas capacidades como qualquer outra criança "normal".

Descobrimos que o Miguel tem um veia artística. Vai ser baterista. Esta semana oferecemos-lhe uma bateria, pois o tio Tó já o tinha ensinado a tocar. É um espectáculo ver este rapaz a tocar com as baquetas na mão. Eu acompanho com a viola e a Mizé é a nossa vocalista. Um dia destes vamos em tournée.
Termino este Post com desejos de uma Páscoa Feliz para todos.
(vejam o vídeo)

video

segunda-feira, 22 de março de 2010

Pai babado... Dia do Pai!


Olá a todos. Infelizmente não me tem sido possível escrever tantos posts neste blog como eu gostaria,mas não podia deixar passar o Dia do Pai. Antes demais deixo aqui um beijo para o meu pai.
Este foi um dia muito especial para mim. Na creche do Miguelito fizeram uma festinha alusiva ao dia do Pai. Gostei muito.
A Paula, a educadora, começou por nos ler uma história em que os nossos meninos executavam os gestos correspondentes...
Seguiram-se as pinturas. O Miguelito ficou com a t-shirt cheia de tinta. Foi muito divertido. No fim recebi um presente do meu filhote. Um quadro com a foto dele a tocar guitarra, onde se lia "tal pai, tal filho", uma vez que eu também gosto muito de tocar viola.
Ainda tive direito a outro presente que o Miguelito fez com a ajuda da mamã... um porta relógios lindo, com fotos do meu bebé.
Ser pai do Miguel José é sem dúvida uma bênção. Ele proporciona-me momentos fantásticos. Apesar da "nuvem negra" que paira constantemente sobre nós, a hidrocefalia, o Miguel é um miúdo fantástico. Tem uma personalidade espectacular. É muito rebelde, mas também extremamente carinhoso. Dá-nos imensos beijinhos e abracinhos... então à Mizé nem se fala. É muito engraçado... só dorme agarrado ao cabelo da mamã e comigo deitado ao lado dele a cantar. Quando acorda a primeira coisa que faz é chamar pela mamã e pelo "bábá" que sou eu. Depois pega no telecomando e pede-nos para ligar-mos a televisão no canal do Panda.
Os médicos têm-nos dito que o desenvolvimento do nosso bebé é perfeitamente normal, havendo até alguns que dizem que ele é realmente um menino espectacular. Ainda fico mais babado...

Obrigado filho por seres assim.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Mais uma consulta de grupo

Para quem não sabe, passo a explicar o que é isso de "CONSULTA DE GRUPO". A consulta de grupo é umas das tantas consultas que os meninos com FLP vão, aqui estão todos os médicos, das várias áreas que acompanham os nossos filhos, desde pedriatra, terapeuta da fala, otorrino, ortodontista, cirurgião pediátrico, etc e fazem-nos várias perguntas, ou seja, fazemos um resumo de como está o situação dos nossos meninos.
Estas consultas são encaradas de várias maneiras, tenho vindo a constatar através das conversas que tenho com outros pais, há pessoas que ficam tranquilas por verem ali reunidos todos o médicos, talvez lhes trasmitam segurança,mas pelo contrário há pais que ficam absolutamente em pânico com tanta pergunta.
Eu pertenço ao pais que não me importo nada de ir, embora goste mais de ir a uma consulta de cada vez, pois concentro-me mais nos temas que quero abordar, mas é sempre bom estar no seio de um grupo que já considero de amigos. Só me incomoda, e muito, as consultas serem na estomatologia, pois tenho um medo enorme de ir ao dentista e ali não há só uma cadeira há imensas, um verdadeiro pesadelo para mim. Adorava que com o Miguel não se passasse o mesmo, pois é um sofrimento enorme cada vez que tenho de ir ao dentista e como o Miguel vai ter de ir muitas vezes se isto acontecer não vai ser fácil.
Aproveito para alertar todos os pais de quanto é importante a higiene oral dos bebés e crianças. As pessoas acham que não é necessário manter uma higiene oral enquanto os bebés não têm dentes, ideia falsa, pois enquanto não têm dentes deve-se lavar a boquinha com uma compressa embebida em soro fisiológico, quando começarem a ter dentes, devem-se lavar com uma escova própria e as partes onde ainda não têm dentes manter a higienização com a compressa, a partir do momento em que já sabem deitar fora a espuma da pasta de dentes, começamos então as lavagens com pasta de dentes.

Por agora é tudo beijinhos para todos.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Parabéns Amor da minha vida

A minha cara metade faz anos hoje, se calhar é mais certo dizer a outra parte de mim faz hoje anos. Pois eu sou composta por 3 partes:eu,o Miguel e o Miguelito.
Não me lembro da minha vida sem o Miguel, começámos a namorar com 17 anos e a partir daí fazemos tudo juntos, sinto que é a minha alma gémea. Não imagino como seria a minha vida sem ele.
Meu amor sei que às vezes sou um pouco refilona, mas amo-te tanto, tanto...
Espero que passes muitos e muitos aniversários junto de mim e que a felicidade faça sempre parte das nossas vidas.
Parabéns meu amor.
AMO-TE MUITOS INFINITOS...

Ana Parabéns

A minha afilhada fez anos no dia 3, não me esqueci de lhe dar os parabéns,o que não era de admirar, pois eu e os aniversários não nos damos muito bem.
Ainda não tinha tido oportunidade de deixar umas palavrinhas, por isso cá vai:
Ana quero aproveitar para te dizer que gosto muito de ti, continua a menina meiga e querida que sempre foste, espero que nunca percas isso e que a entrada na adolescência não te faça mudar.
Sabes que sempre que precisares de mim estou sempre contigo, apesar dos Km, estou sempre perto.
Beijos dos três.

Template by : kendhin x-template.blogspot.com